15 out 20

5 passos rumo à digitalização de empresas

A digitalização de processos é um passo importante para sua empresa se manter no mercado. Saiba como conduzi-la da melhor maneira

Se ainda havia dúvidas sobre a necessidade da transformação digital para a longevidade dos negócios, o novo coronavírus silenciou esses questionamentos. Em um mundo isolado pela bolha do distanciamento social, a grande maioria das interações com clientes e funcionários ocorreu virtualmente. Com raras exceções, operar digitalmente foi a única maneira de permanecer no negócio.

Como destacam especialistas, este foco na digitalização dos processos já existia, mas foi potencializada pela pandemia. Os eventos atuais aceleraram a busca por processos virtuais e muitas empresas, em especial as PMEs, começaram a investir num modelo digital de negócios, saindo das vendas offline e partindo para o mercado digital. 

O que é transformação digital?

Ao contrário do que as pessoas pensam, a transformação digital não é um simples processo de agregar novas tecnologias. Ela é um novo mindset em um mundo de transformações intensas.

A digitalização é um processo de mudança ou melhoria de desempenho de um modelo de negócio corporativo, com base na utilização de ferramentas digitais e tecnologias inovadoras, para que ocorra a substituição de práticas exercidas anteriormente, aprimorando ainda mais a experiência do cliente, bem como a obtenção de vantagens competitivas.

No entanto, antes de embarcar em uma transformação digital, você deve ter claro quais são os objetivos de sua empresa. Para tanto, leve em conta essas perguntas na seguinte ordem:

1.     Qual é o tamanho atual da sua organização e qual o crescimento que quer atingir daqui um ano?

2.     Qual o perfil das pessoas que trabalham na sua organização? As habilidades delas ajudarão a sua empresa no crescimento?

3.     Quais são os mecanismos tecnologias que sua empresa possui? Será preciso a contratação de novas ferramentas para atingir os objetivos de expansão de sua companhia?

 A razão pela qual a maioria das transformações falham é porque não há praticamente nenhum plano ou objetivo final em mente. Muitas empresas estão surfando apenas na onda do digital porque é a palavra da moda.

Muitas micro e pequenas empresas ouvem que seus concorrentes estão fazendo algo digital e saem como loucos adquirindo aquela tecnologia. Compram uma solução aqui, contratam um especialista ali, mas não há um plano de ações claro de como agir de acordo com o contexto digital.

5 estágios de transformação

Para que seu negócio não padeça desse mal, após fazer as perguntas pertinentes propostas acima, siga o seguinte roteiro de etapas para ter sucesso na transformação digital de sua empresa:

Mudança de mindset

Não pense que o responsável pela transformação digital tem de ser apenas o seu setor de TI, devido às manobras operacionais e o investimento que pode ser relativamente alto, é preciso que o board da organização esteja comprometido com o projeto e tenha um mindset adaptável linkar https://proced.fia.com.br/mindset-adaptavel/. Se os altos executivos não comprarem a ideia, os demais passos não fluirão.

Infraestrutura para a transformação digital

Para definir a infraestrutura necessária para o seu negócio é preciso mapear os seus processos internos e definir onde podem ser aplicadas soluções mais eficientes.

Por exemplo, se os profissionais de RH de sua organização ainda selecionam currículos observando um por um, sem qualquer tipo de automação, pode ser a hora de contratar um ATS (Applicant Tracking System). Se a sua área comercial indica que faltam canais digitais para efetivar as vendas, repense na sua estratégia de comércio on-line, incluindo talvez a navegação virtual de produtos.

Estas automações podem ser aplicadas em qualquer setor e processo, basta integrar os sistemas e automatizar o processo.

Presença digital

A partir de então, é hora de começar a reestabelecer sua estratégia digital. Estar presente nos buscadores e redes sociais é importante não apenas para divulgar os seus produtos e serviços, mas também para interagir diretamente com o público e manter uma comunicação ativa com futuros clientes.

Essa dica não é nenhuma novidade, mas ainda encontramos empresas que limitam o atendimento ao cliente pelo telefone fixo ou balcão, ampliar os canais de atendimento permite que a empresa expanda o seu público e não congestione apenas um canal de comunicação.

Cultura e treinamento

Tenha em mente que a transformação digital é um processo orgânico e que precisa de manutenção periódicas. Nós, seres humanos, tendemos a nos acomodar e deixar alguns processos de lado, por isso, é muito importante que a liderança da empresa trabalhe de forma efetiva na motivação e comprometimento dos colaboradores.

Vale lembrar que a transformação digital não é apenas a integração de novos processos e formatos de trabalho, ela veio para aumentar o desempenho das pessoas e máquinas de forma inteligente e eficaz.

Permanecendo relevante

O último ponto é a sua empresa permanecer conectada com os novos rumos da sociedade e da tecnologia. As transformações, hoje, ocorrem do dia para a noite, não mais a passos lentos como em gerações passadas. Não acompanhar essas mudanças foi uma das principais razões pela qual 50% das Fortune 500 desapareceram da lista na última década.

Se você ainda quer ser relevante no final desta era de ruptura digital, então, passar pela transformação digital não é negociável, muito menos deixar de observar as novas tendências do mercado. 

Gostou do tema? Em breve, o blog do ProCED oferecerá mais conteúdo sobre o assunto, que é foco também do curso de pós-graduação de Gestão Exponencial: Pequenas e Médias Empresas (https://proced.fia.com.br/cursos/pos-graduacao/gestao-exponencial-pequenas-e-medias-empresas). Fique atento!


Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *