14 mar 22

People Analytics: avaliação de performance por meio de dados

Maximize o poder de sua força de trabalho com gerenciamento de recursos humanos baseado em evidências.

O People Analytics é a principal ferramenta estratégica do RH na Era dos Dados. Coletar, analisar e tomar decisões a partir dos dados produzidos pelos seus funcionários é a melhor maneira de fazer escolhas estratégicas de pessoas.

Ações, interações, descrições e conexões registradas digitalmente acerca dos colaboradores permitem que a empresa avalie esses dados de modo inteligente. Na verdade, o people analytics não é uma plataforma digital — apesar de ter ganhado forma com a ajuda de tecnologias que recolhem dados — mas um mindset cujo princípio é a coleta, a organização e a análise de dados aplicada à gestão de pessoas.

Analisar taticamente os dados produzidos pela força de trabalho de sua organização pode ser útil para investigar, por exemplo, a performance do colaborador, saber qual processo de seleção foi mais efetivo e assim por diante.

Este artigo tem como objetivo te ajudar a navegar no mundo do People Analytics, explorando os potenciais benefícios do uso dessa ferramenta e maneiras de implementá-la como parte de sua estratégia de RH.

O que é People Analytics?

People Analytics é uma metodologia de coleta, organização e análise de dados sobre o comportamento dos funcionários que pode gerar insights para a tomada de decisão e o aumento da produtividade, com objetivo de melhorar os resultados da empresa como um todo.

A análise de dados de pessoas pode ser utilizada em diversas situações, as mais comuns são para apoiar decisões sobre contratações e demissões, treinamento, remuneração e planos de carreira e sucessão.

Isso porque a metodologia fornece dados e estatísticas imparciais, que podem eliminar ou reduzir boa parte da subjetividade das escolhas.

Por que adotar uma estratégia de People Analytics?

Por muitos anos, a missão do RH era “contratar e demitir”, mas com o passar do tempo, e com os avanços em tecnologia, a área de gestão de pessoas ganhou novo destaque nas organizações. A metodologia People Analytics é uma ótima aliada da área de gestão de pessoas nessa tarefa.

De acordo com o relatório Global Human Capital Trends da Deloitte:

• 71% das empresas consideram a análise de pessoas a maior prioridade;

• 31% das empresas consideram muito importante;

• 9% acreditam ter um bom entendimento de quais dimensões do talento impulsionam o desempenho em sua organização.

Não é por acaso que as organizações estão apostando suas fichas na análise de dados de colaboradores, dentre os benefícios do uso do People Analytics estão:

Identifica lacunas e oportunidades

O mercado de trabalho tende a se comportar de maneira diferente em cada nicho e, portanto, uma abordagem aplicável a um setor não pode ser aplicável a outro. A análise exata de pessoas ajuda a compreender as tendências subjacentes à dinâmica do mercado de trabalho.

A análise desses dados também ajuda a compreender os desafios mais urgentes dentro da organização. Atualmente, o RH vem testemunhando que a experiência dos funcionários está desempenhando um papel importante para a retenção e produtividade das pessoas, o que só é possível devido às análises e aos insights obtidos.

Antecipa soluções

Com os dados em mãos, o RH poderá detectar falhas em processos como profissionais com baixo desempenho ou mal aproveitados. Com uma visão mais holística da companhia, é possível resolver os problemas antes mesmo que eles apareçam. O People Analytics fornecerá, inclusive, resultados a partir de uma decisão tomada.

O objetivo é construir uma cultura que antecipa e não apenas reage aos problemas, uma cultura de confiança e empoderamento.

Otimização da rotina do RH

O sistema proporcionará mais agilidade e segurança ao RH, minimizando riscos de contratações erradas, por exemplo, e abrindo caminho para um gerenciamento mais eficiente dos processos.

Redução de custos

Contratar melhor, otimizar processos e tornar o clima organizacional mais saudável contribui e muito para a retenção dos funcionários e o aumento da produtividade. O People Analytics certamente é uma ferramenta que mitiga gastos e dá um direcionamento melhor para os recursos financeiros e até para o tempo utilizado em cada etapa do fluxo de tarefas.

Agora que você entende o que é o People Analytics e alguns benefícios de adotá-lo, vamos ver como implementar uma estratégia de análise de dados na sua empresa.

Como ter uma estratégia de dados eficiente

A adoção de uma gestão de pessoas baseada em dados reúne uma série de vantagens. No entanto, primeiramente, toda a organização deve estar engajada nesse mindset.

Ademais, a análise do conjunto de dados dos colaboradores, que permitem às empresas quantificar a eficácia abrangente de sua força de trabalho, requer sistemas e procedimentos especializados para gerar percepções úteis e acionáveis.

Siga aqui alguns passos para uma melhor eficácia do seu plano de People Analytics:

 Promova a tomada de decisões com base em dados

As organizações agora têm acesso a uma grande variedade de informações precisas e em tempo real para basear suas decisões. Promover uma cultura de tomada de decisão em uma empresa que utiliza dados direcionados como seu principal motivador estabelece uma base sólida para o crescimento da análise de pessoas.

Uma cultura que mantém a análise de pessoas como um pilar é aquela que incentiva o pensamento e o espírito inovadores, tem a mente aberta para assumir riscos calculados e dá ênfase contínua ao aprendizado e ao desenvolvimento. As empresas que colocam atenção e esforço suficientes para decisões baseadas em dados exibem um conjunto de características semelhantes, incluindo:

. Os tomadores de decisão priorizam uma estratégia baseada em evidências, enraizada em dados autênticos e pertinentes, em vez da intuição;

. A tecnologia e as métricas apropriadas monitoram ativamente a responsabilidade e a transparência na ação e no desempenho

Indivíduos e equipes utilizam testes de hipóteses para tomar decisões informadas e aprender com os erros

Organize os dados

Uma vez que sua organização está preparada para o mindset de dados, veja as informações que sua empresa já possui, incluindo os que vêm de fora, oriundos de redes sociais e currículos, por exemplo, e os que nascem internamente, como pesquisas realizadas pelas áreas da companhia e projetos bem-sucedidos.

A seguir, é preciso traçar um objetivo ou problema a ser resolvido para iniciar a busca de insights.

 

Some forças

Não concentre as informações do People Analytics apenas no departamento de Recursos Humanos. Tenha ao seu lado outras equipes vindas do Marketing e do TI, por exemplo, para encontrar saídas mais ágeis e eficientes.

 

Defina prioridades

De início, eleja as questões mais importantes a serem resolvidas. Não tente analisar todos os dados da empresa de uma só vez. Abraçar todos os conflitos da empresa ao mesmo tempo não trará resultados positivos. Oriente as equipes e comece devagar de acordo com as suas possibilidades.

Treine sua equipe

Após escolher um software de People Analytics de confiança, ofereça treinamento ao gestor e à equipe para o uso adequado da ferramenta. Materiais e cursos de apoio também são sempre bem-vindos.

Agora que você já conhece todos os benefícios e como trabalhar com People Analytics que tal saber um pouco mais sobre a transformação digital nas empresas? Leia aqui artigo com alguns passos para a digitalização de sua organização https://proced.fia.com.br/digitalizacao-de-empresas/


Voltar

Deixe um comentário