23 nov 21

A importância do conhecimento da Gestão Contábil e Financeira

Ao agregar elementos da contabilidade e de finanças, o executivo é capaz de lidar estrategicamente com a movimentação do negócio.

A chave para a manutenção e o sucesso de qualquer negócio reside na compreensão dos números elencados na contabilidade e nas finanças. Quando as empresas gerenciam bem suas receitas e despesas, há um potencial maior de crescimento. Além disso, é também possível um acesso ampliado às estratégias que podem ajudar as empresas a sobreviver a crises financeiras inesperadas.

Se a companhia não tem a informação de onde está vindo e para onde quer ir, há uma boa chance de perder o controle do negócio. Inclusive, esse cenário foi descortinado durante a pandemia da Covid-19. Muitos negócios que não tinham essa clareza dos dados da gestão contábil e financeira ficaram sem dinheiro em caixa para suportar um, dois ou até mais meses sem faturamento. Resultado: muitas empresas fecharam as portas.

Uma pesquisa da FecomercioSP calcula que mais de 202 mil companhias encerram as atividades em 2020, das quais a maioria (197 mil) era de pequeno porte. O estudo ressalta que o número é grave, considerando que, na recessão de 2015-2016, foram fechadas cerca de 100 mil empresas no período de dois anos

Portanto, uma empresa precisa cuidar muito bem de seus recursos, ativos e resultados financeiros. Nesse sentido, existem duas abordagens possíveis: a contabilidade e a gestão financeira. É importante notar, entretanto, que elas não são concorrentes e que podem e devem ser usadas de maneira integrada.

Qual a relação entre gestão financeira e contabilidade?

Há ainda muita confusão com os dois termos para quem não é da área, mas ambas trabalham lado a lado para prover a correta saúde financeira da empresa. Unir contabilidade e gestão financeira é uma forma de garantir o máximo de confiabilidade para os dados, que serão adquiridos, processados e analisados da maneira adequada.

A contabilidade diz respeito, basicamente, à atividade que realiza os registros de movimentações financeiras dentro de um negócio. Ela é a responsável, por exemplo, por fazer o cálculo dos tributos devidos pelo negócio em determinado período.

Já a gestão financeira tem uma abordagem mais ampla e estratégica. Ela usa ferramentas, como o fluxo de caixa, para analisar e acompanhar o desempenho do negócio, baseando-se em suas finanças. De modo geral, enquanto a contabilidade registra as movimentações, a gestão financeira faz uma análise mais aprofundada e estratégica dessas movimentações.

Para ficar mais claro: a contabilidade seria o número concreto de quanto sobrou (ou faltou) no fim do mês do salário de uma pessoa após a retirada dos valores das despesas. Ao passo que as finanças seria um olhar mais estratégico de quanto o profissional está gastando com cada item e como fazer uma projeção de planejamento para gastos futuros.

Fazer somente o registro impede que a empresa atue de maneira assertiva, mas também é bom lembrar que não existe análise se não houver registro inicial. Por isso, contabilidade e gestão financeira estão intimamente ligadas.

Por que é importante compreender os dois tipos de gestão?

Na prática, quando apenas as movimentações contábeis são analisadas de maneira isolada, não é possível saber com absoluta certeza quais são os resultados de desempenho do negócio. Da mesma forma, se uma análise financeira é feita sem se basear em dados de movimentação, ela não é totalmente confiável.

Em outras palavras, se um executivo apenas entender sobre uma perna do processo, provavelmente, ele não observará o negócio como um todo. É como ter um cheque em branco e não saber como gastar. É provável que o gasto não seja tão assertivo para a empresa se não for baseado em análises financeiras do negócio.

Logo o conhecimento da gestão financeira aliada à contabilidade permite que o executivo tenha mais subsídios para escolher como alocar os recursos ou o que deve ser feito para melhorar os resultados do negócio.

Entre as missões do curso de pós-graduação de “Capacitação Gerencial”, do ProCED-FIA, está habilitar o profissional recém-graduado a compreender e a analisar os cenários de gestão contábil e financeira. Ademais, o curso também visa a formação de jovens talentos generalistas que conseguem aplicar os conhecimentos de sala de aula na prática do mundo corporativo, liderando os processos de suas organizações.

Nossos professores — doutores, mestres e especialistas de mercado — preparam os alunos para os desafios desse novo mundo onde o conhecimento é a chave para o sucesso. Confira nossa grade curricular https://proced.fia.com.br/cursos/pos-graduacao/pos-graduacao-capacitacao-gerencial/ e tenha certeza de que, ao optar por nossa instituição, você aumentará sua empregabilidade.

 


Voltar

Deixe um comentário